Çorba

Pronuncia tchorba!

Ingredientes

250g de lentilhas
1 pimentão
1 cebola
1 tomate
1 dente de alho
Salsinha e hortelã a gosto
Pimenta do reino, pimenta da jamaica, sal e azeite a gosto
1 pimenta dedo de moça
1 limão siciliano

Modo de preparo

Refogue a cebola, o alho, o pimentão, a pimenta e o tomate  no azeite, sal, pimenta do reino e da jamaica.

Adicione salsinha e hortelã e misture bem.

Adicione as lentilhas e misture.

Cubra com água fervendo e deixe cozinhar por pelo 30 minutos tampado em fogo baixo.

Para servir, salpique com salsinha, hortelã, raspas de limão e suco de limão a gosto.

Creme de cebola

Se você não come cebola, pode começar a mudar seu paladar por esse prato.

Ingredientes

Farinha de trigo
Manteiga
4 cebolas
Caldo de galinha
Alho
Sal
Pimenta do reino
Noz moscada ou macis
Queijo ralado

Modo de preparo

Derreta uma colher de sopa de manteiga, adicione a mesma medida de farinha de trigo e mexa bem até engrossar. Reserve.

Em outra panela, aqueça água e derreta um cubo de caldo de galinha.

Derreta outra colher de manteiga e doure a cebola e o alho. Adicione sal, pimenta do reino e a noz moscada ou macis.

Quando estiver cozida, adicione o caldo de galinha e cozinhe por 30 minutos.

Adicione o roux para engrossar.

Sirva em uma cumbuca e salpique o queijo ralado.

Quasi-thai curried noodles

Se eu tivesse achado o capim limão, a galanga e a chalota seria um autêntico thai curried noodles. Mas ia dar trabalho igual.

Ingredientes

Serve 8 pessoas

Noodles, um pacote de miojo por pessoa

800g de contra filé fatiado em tiras
800g de lombo fatiado em tiras

2 cenouras
2 cebolas
1 brócolis
1 pimentaõ amarelo
1 pimentão vermelho
1 bandeja de shitake sem caule e cortado em tiras
1 cabeça de alho, dentes descascados
1/2 repolho em tiras

1 maço de coentro, cebolinha e manjericão
Curry powder
Lascas de gengibre
Lascas de casca de limão
Uma colher de sopa de manteiga
Sal grosso
Fish sauce

Modo de preparo

Tempere a carne com as ervas, gengibre, cebola, fish sauce, sal grosso e alho e deixe na geladeira por algum tempo.

Coloque os caules dos shitakes para cozinhar em uma panela com água e sal para extrair o sabor. Você irá cozinhar o noodles aí.

Derreta a manteiga, doure a cebola, alho e gengibre, adicione uma colher de chá de curry powder, as lascas de limão e refogue a carne. Se precisar de água, use o caldo de cogumelos. Reserve.

Refogue os legumes, menos o repolho, na mesma panela da carne, adicione uma colher de chá de curry powder. Quando estiverem macios, acrescente a carne. Acerte o tempero com o fish sauce.

Nesse momento coloque os noodles para cozinhar por 5 minutos.

Sirva em uma cumbuca, coloque uma porção de noodles no fundo, o refogado com o repolho cru por cima, uma concha do caldo do macarrão e salpique as ervas.

Sopa vegetariana de noodles

Domingo à noite, uma dose de saquê, noodles soup… it’s a winner.

 

Ingredientes

 

Macarrão tipo noodles, pode ser miojo

Cebola

Alho

Vagem

Cenoura

Repolho

Um ovo cozido

Shoyu

Óleo de gergelim torrado

Vinagre de arroz

Gengibre

Manteiga

 

Modo de preparo

 

Pique os vegetais e reserve.

 

Refogue a cebola, o alho e o gengibre no óleo de gergelim com shoyu, manteiga e vinagre, adicione a vagem e a cenoura e refogue mais um pouco.

 

Adicione água e deixe cozinhar até que os vegetais amoleçam.

 

Adicione os noodles e deixe cozinhar al dente. Quando estiver pronto, coloque o ovo cozido e o repolho, desligue o fogo, tampe a panela e espere um pouquinho antes de servir pro repolho cozinhar no vapor.

 

É caldo, é cor de abóbara, é cremoso

Para aqueles que estiverem combalidos com alguma dor de estômago e quiserem algo leve e saboroso!

Ingredientes

– Um pedaço de abóbara
– 2 cenouras
– Meia cebola
– Alho
– Caldo de legumes
– Leite
– água
– purê de batatas
– azeite
– pimenta
– queijo ralado

Modo de preparo

Coloque a abóbara, a cenoura, o alho, a cebola e o caldo de legumes na panela, cubra-os com água e ferva. Deixe cozinhar até amolecer, bata tudo no liquidificador e reserve.

Não joogue a água da fervura fora. Ligue novamente o fogo, adicione o purê de batatas (ou farinha de trigo), leite, azeite e sal. Vá adicionando a pasta de legumes do liquidificador e mexa bem até ganhar consisÊncia.

Tempere com o molho de pimenta e rale o queijo por cima quando servir.

Creme de couve-flor à mineira

Em todos os lugares que eu vi pra pesquisar uma receita de creme de couve-flor estava escrito que o prato era sofisticado ou delicado. Eu prefiro algo mais roots! Então lasquei uma couve na sopa e não triturei a couve-flor inteira.

Ficou bom demais.

Ingredientes

– Um couve-flor inteira
– alho poró ou cebola
– sal
– pimenta do reino
– óleo
– caldo de cogumelos ou de legumes
– 3 dentes de alho
– Uma folha de couve
– Queijo
– Creme de leite

Modo de preparo

Pique a couve-flor em ramos. Debulhe ao máximo a parte de cima dela e reserve em uma vasilha separada.

Doure o alho no óleo, misture os temperos, o alho poró ou cebola, deixe murchar um pouco e refogue os ramos da couve-flor. Cozinhe até ela amolecer e bata tudo em um liquidificador.

Misture água à massa e vá cozinhando. Acrescente a couve-flor debulhada e deixe cozinhar até a água evaporar um pouco. Adicione um pouco de queijo ralado para encorpar, meia caixa de creme de leite e misture tudo até ficar homogêneo.

Por último adicione a couve e em seguida desligue o fogo.

Sopa de ervilhas com bacon… hummmmmmm

Ficou uma delícia!



Ingredientes

– Um saco de grãos de ervilhas secas
– Água
– Sal
– pimenta vermelha
– Bacon
– Caldo de carne ou legumes
– Cebola
– Azeite

Modo de preparo

Pode abrir o saco inteiro de ervilhas, o que sobrar da massa, você pode congelar e guardar pra receita de mushy peas que eu vou ensinar daqui a uns dias.

Coloque-as de molho em água com sal durante a noite inteira. Em seguida cozinhe as ervilhas, na mesma água, até elas amolecerem bem.

Separe o caldo e reserve. Coloque as ervilhas no liquidificador e transforme-as em um purê.

Frite o alho picado no azeite, junte e refogue a cebola, acrescente o bacon defumado, deixe fritar bem e misture o purê de ervilhas.

Acrescente a água da fervura e o caldo de carne e vá mexendo até evaporar um pouco da água.

Quando ela estiver com uma textura mais firme, desligue o fogo e sirva. Se você gostar, dê uma boa borrifada com o molho de pimenta.

Gaspacho

Tomates realmente são muito versáteis. Mas me surpreendi descobrindo que essa sopa leva beterraba!

Pra quem não sabe, gaspacho é uma sopa fria de tomate e aqui misturei com beterraba. Errei a mão na beterraba do gaspacho da foto, mas na receita já está corrigida.

Ingredientes:

– Uma lata de tomate pelado e sem semente
– Um dente de alho pequeno
– Menos da metade de uma cebola
– Meia beterraba
– Cebolinha
– Sal
– Miolo de pão de sal
– Meio limão
– Uma colher de chá de páprica

Modo de preparo

Em um liquidificador, misture o sal, o suco do limão, a beterraba cozida e picada, a cebolinha, o alho, o tomate e o miolo do pão amolecido na água. Bata tudo até ficar uniforme.

Leve à geladeira e espere esfriar. Sirva geladinha.

Sopa de palmito

Palmito é dos ingredientes mais versáteis que têm. Dá pra colocar ele em tudo e ainda pode ser o ator principal do prato. Como nessa sopa.

Ingredientes:

– Um pedaço generoso de palmito em natura picado
– Caldo de carne ou de legumes
– Sal
– Azeite
– Pimenta do reino
– Alho
– Cebola
– Água

Modo de preparo

Coloque meio litro de água em uma panela para ferver e cozinhe o palmito nela, com o caldo de carne dissolvido.

Enquanto o palmito cozinha, vá picando o alho e a cebola. Pegue outra panela maior.

Quando o palmito estiver bem macio, retire-o da água e reserve, o caldo e o palmito.

Em outra panela frite o alho e a cebola, refogue o palmito e junte a água do cozimento. Tempere a gosto e vá amassando o palmito à medida que for cozinhando. Adicione água à medida que ela for secando.

Quando você chegar na consistência desejada, desligue o fogo e sirva.

Sopa de cogumelos… vários deles

Adoro cogumelos, principalmente in natura. Antigamente no Brasil não se achavam muitos tipos de cogumelos, só o champignon em conserva no copinho (lembram?), mas de uns tempos pra cá começaram a surgir nas gôndolas de supermercados com generosa variedade. Salmão, shitake, de Paris, Portobello, Eyringii, hidratake, shimeiji… a lista vai indo.

E aproveitando o tempo frio, que tal fazer uma sopa com eles?

Ingredientes:

– 2 bandejas de cogumelos de Paris
– 1bandeja de shitake
– 1 bandeja de hidratake
– Shoyu
– Conhaque
– alho
– cebola ou alho poró
– azeite
– pimenta calabresa e do reino
– cebolinha e salsinha
– creme de leite (opcional)
– maizena
– pão

Modo de preparo

Em uma panela, esquente meio litro de água. Se você quiser, pode dissolver um caldo de carne nela.

Pique os cogumelos. O shutake possui uns cabinhos duros, solte-os, pique-os e guarde-os. Em uma vasilha, junte todos, tempero com a pimenta do reino e despeje azeite por cima. Misture bem e deixe descansar um pouco.

Pique o alho poró ou cebola.

Na panela, frite o alho e os cabinhos do shitake no azeite, pimenta calabresa e sal e em seguida refogue o alho poró (ou cebola). Acrescente os cogumelos, feche a tampa e dê uma boa sacudida na panela pra misturar tudo. Abra e continue misturando com a colher. Vá despejando o shoyu e acertando o sal.

Jogue uma colher de conhaque por cima, misture e deixe a tampa aberta. Deixe evaporar um pouco e vá mexendo. Misture uma colher pequena de maizena para dar uma consistência mais cremosa na água.

Quando evaporar uns dois ou três dedos, misture o creme de leite e vá mexendo. Não deixe ferver. Desligue o fogo.

Salpique a cebolinha e salsinha por cima.

Sirva com pão. Se você quiser pode ralar um pouco de queijo por cima.