Panis Alexandrinus

São as pessoas na sala de jantar

Ingredientes

4 xícaras de farinha de trigo
2 tsp sal
1 tbsp mel
1 tsp cominho
1 sachê de fermento biológico
Água

Modo de preparo

Peneire a farinha.

Misture todos os ingredientes secos e o mel em uma tigela e vá adicionando água (cerca de um copo de requeijão) e sovando até que a massa não grude da mão, fique elástica e quase encharcada.

Cubra a massa e coloque para crescer até dobrar de volume.

Sove mais um pouco, e molde-a no formato de uma baguete.

Unte uma assadeira com azeite, coloque a massa sobre ela e deixe crescer até o ponto de que quando você pressionar levemente a massa, com o dedo, ela voltará.

Asse até dourar e a crosta ficar firme e deixe descansar em uma grade antes de servir.

Anúncios

O pão que o diabo amassou

Entrou direto no top 5

Ingredientes

500g de farinha de trigo + quanto baste pro fermento
1 sachê de fermento seco
Sal a gosto
1 colher de chá de açúcar cristal
Fenogrego a gosto (opcional, mas fundamental)
óleo vegetal

Modo de preparo

Misture o fermento com um pouco de farinha, sal, açúcar, e água morna suficiente para diluir tudo.

Deixe repousando até o fermento ativar e a mistura estar parecendo uma espuma

Em uma tigela, despeje a farinha, o sal e o fenogrego, adicione o fermento e misture bem.

Adicione água morna suficiente para incorporar a massa e sove por 10 minutos, até a massa ficar firme e desgrudar das mãos.

Adicione água e farinha se necessário para acertar o ponto.

Forme uma bola de massa, cubra a tigela e deixe fermentando até dobrar de tamanho (o tempo depende da temperatura do ambiente).

Aqueça o forno ou a churrasqueira até que fique o mais quente possível.

Se estiver usando o forno, unte a parte de trás da bandeja e deixe esquentando.

Se estiver usando a churrasqueira, use uma grelha.

Retire a massa da tigela, forme pequenas bolas de massa e molde-as com as mãos como um pão chato.

Pincele com óleo e coloque no fogo até dourar dos dois lados.

Retire e sirva imediatamente.